Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ridículo

RIDÍCULO
Um barulho ensurdecedor, meu Deus
Neste marasmo da normalidade
Não gosto de nenhuma dessas músicas
Uma princesa dorme
Lindamente no sofá
Os acontecimentos passando
Bem perto do ridículo
Apesar da conformidade
Geral
A ignorância tem garras
Travestido de amor vem o ódio
Vamos então
Fazer de tudo uma fantasia
E quem vai se incomodar?
O ridículo passa tranquilo
Uso da malandragem
Povo feliz, país sem crises
Princesa despertada
Adeus, marasmo.
catrofe
Enviado por catrofe em 21/11/2007
Código do texto: T746203
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
catrofe
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
39 textos (823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:36)
catrofe