Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gerando poesia

Poesia é menino teimoso
que grita se é vez de calar
E feito guri, de birra,
silencia ao mandarmos falar.

Faz-nos perder madrugadas
sacrificando o sono.
Ao pé de papéis, canetas...
Não toleram o abandono.

Igual menino inquieto
Leva-me do riso ao pranto
Só sossega se lhe deito
em seu berço, o Recanto.

É progênie, com certeza.
Gerado com igual carinho.
Mesmo não sendo imponente
pra quem faz é "um docinho".

(Sandra Lima Costa Melo)
Sandra Lima Costa Melo
Enviado por Sandra Lima Costa Melo em 21/11/2007
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T746527
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Melo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Lima Costa Melo
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil
76 textos (50692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:53)
Sandra Lima Costa Melo