Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obstáculos

Rosa Pena


Sou a chuva
que alaga a calçada,
a curva da esquina,
que te obriga a freada.
- Aperta a buzina!
Sou o embrulho
jogado na estrada,
que vira entulho.
Serei reciclada?
Sou aquele quase nada,
que deixa a via engarrafada.
Mudas o discurso,
mas nunca o curso.
Sou a raiva que te alucina.
Tua sina.

março 2005
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 23/03/2005
Reeditado em 31/10/2008
Código do texto: T7468
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1418178 leituras)
48 áudios (24767 audições)
33 e-livros (29020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:27)
Rosa Pena

Site do Escritor