Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÉTALAS
Logo de manhazinha, bem cedo
ou mesmo à tardinha, chego...
Para aguar meu lindo jardim.
 
Procuro dentre tantas flores
a fragrância de um mero jasmim,
Mas é a rosa, sempre a mais ditosa,
que sorri para mim.
Neste enlevo de flores
sou um pretensioso observador
destas mesmas flores. Navego
dentre elas horas enfim...

Por suposto eu beijar aquela
que transpõe todo o seu amor
em pétalas, tão só para me ver sorrir.
 
 
 
Á todos que fazem parte deste imenso jardim.
Alexandre Oliveira
Enviado por Alexandre Oliveira em 22/11/2007
Reeditado em 28/11/2007
Código do texto: T747869

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Oliveira - www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Oliveira
Cabedelo - Paraíba - Brasil
2551 textos (230237 leituras)
2 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 15:16)
Alexandre Oliveira