Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GOTA

GOTA


Essa noite está com jeito
de que amanhã a manhã será chuvosa
Os galhos da mangueira, balançam os ventos
A ida me revolta
já que a volta é bem-vinda

A primeira gota da minha chuva caiu em mim...
As demais também

O caos humano é permissivo
O homem não
O homem não se permite aprender com a chuva,
mas a chuva cai sem permissão
com a força, o furor e a fúria dos oceanos

Quem nunca tomou um banho de chuva
Nunca entenderá o bem que ela faz

O poeta
É chuva eterna
Uma gota
O afoga
Clebber Bianchi
Enviado por Clebber Bianchi em 22/11/2007
Código do texto: T747950
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clebber Bianchi
Taubaté - São Paulo - Brasil
31 textos (725 leituras)
1 e-livros (16 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:59)
Clebber Bianchi