Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NORDESTINO



  NORDESTINO NÃO É UM COITADO,

  QUANDO PRÁ CIDADE GRANDE VEM,

  SÓ É SIM, MUITO MALTRATADO.

  ELE VEM EM BUSCA DE SONHOS, ILUSÃO

  ENCONTRA NAS METRÓPOLES MALQUERENÇA,

  MAS, COMO MACHO, TEM PACIÊNCIA,

  CORRE EM BUSCA DO PÃO.

  MUITAS DAS VEZES COM FOME,

  OUTRAS MUITO DOENTE É BANIDO,

  TRATADO COMO UM BANDIDO,

  QUASE NEM RECORDA SEU NOME,

  MAS ELE É O CABRA, O HOMEM,

  TENTA, LUTA, E SE CONSOME,

  PARA AMENIZAR O SEU E OS DOS SEUS

  SOFRIMENTO, VALHA-NOS DEUS.

  HÁ DE CHEGAR A SANTA HORA,

  DE DIZER PRÁS CRIANÇAS E MULHER,

  NÃO TEMAM, NÃO SOU MAIS UM QUALQUER,

  SOU UM HOMEM HONESTO, VENCEDOR.

  ESQUEÇAM A FOME, AS MÁGOAS, A DOR.

 
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 22/11/2005
Código do texto: T74908
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7707 textos (1651905 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:09)
Maurélio Machado