Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERDADE.

COMO PÁSSARO
O POETA SÓ RESPIRA
LIBERDADE.

TODAVIA, UM DIA...

ENTRE O DESEJO E O ESTÔMAGO,
ENTRE AS ESTRELAS E O DIA,
ENTRE A QUEDA LIVRE E O PÁRA-QUEDA
O TEMPO
POR ALGUM MOMENTO
ME FEZ ESCOLHER
A SEGURANÇA DO MEDO.
E FOI AÍ QUE NASCEU
UM INFERNO DENTRO DE MIM.

NA PRISÃO DA SOBREVIVÊNCIA
O POETA SE SENTIU PERDIDO.
BATER UM CARTÃO:
É A ANGUSTIANTE GRADE DA REALIDADE.

USEI UMA MÁSCARA
E NA MINHA DOR
AO INVÉSDE GRITAR
ME CALEI
FUI AMADO
RECUSEI.

COMO PÁSSARO
O POETA SÓ RESPIRA
LIBERDADE
DOMINGOS SAVIO
Enviado por DOMINGOS SAVIO em 23/11/2007
Código do texto: T749274
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DOMINGOS SAVIO
Salvador - Bahia - Brasil
237 textos (6943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 23:40)