Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você

Se morre-se de amor?
Não sei bem dizer.
Mas a saudade teima,
O meu corpo queima...

Ouvi dizer que esta ilusão
Leva além do horizonte fugidio
Como segue inexorável
no seu curso o rio.

Pernas, braços, profusão
de gente que percebe pouco
onde é céu, onde é chão.

E vivem por aí
Não tentam entender o amor
Não potencializam a dor
Parecem imunes ao rancor.

E eu tentando ser diferente
Perdi o meu tino de gente
Enveredei num caminho
onde já não sou sozinho.

E me flagro pensando:
O meu destino, é você.

Lyma
Enviado por Lyma em 22/11/2005
Código do texto: T74982
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lyma
Salvador - Bahia - Brasil, 39 anos
58 textos (3102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:49)
Lyma