Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CARA DO FIM

Pela vida se espalham pedaços de nós
numa saga mutável, sem rumos precisos,
nosso tempo é ferida que sangra sem fim
e desfaz o sentido que o mundo simula...
Este adeus é mais um, foram tantos outrora,
já nem há por que chore, que lágrimas tenha
pra verter no vazio que agora se faz,
pra regar nostalgias; canteiros da dor...
Uma idade abastada não basta pra tudo
que nos cabe aprender para sermos felizes,
para sermos completos e donos da sina...
Tudo ensina demais e sabemos tão nada,
como sei que não sei do que faço de mim
ante a cara do fim de mais uma ilusão...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 24/11/2007
Código do texto: T750594
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3109 textos (62585 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:15)
Demétrio Sena