Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar! e Escreve-Me...

Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite  uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

(Florbela Espanca)

Escreve-Me...

Escreve-me! Ainda que seja só
Uma palavra, uma palavra apenas,
Suave como o teu nome e casta
Como um perfume casto d'açucenas!

Escreve-me! Há tanto, há tanto tempo
Que te não vejo, amor! Meu coração
morreu já, e no mundo aos pobres mortos
Ninguém nega uma frase d'oração!

"Amo-te" Cinco letras pequeninas,
Folhas leves e tenras de boninas,
Um poema d'amor e felicidade!

Não queres mandar-se esta palavra apenas?
Olha, manda então... brandas... serenas...
Cinco pétalas roxas de saudade...

(Florbela Espanca)
troclone
Enviado por troclone em 25/11/2007
Código do texto: T751587
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
troclone
Toledo - Paraná - Brasil, 43 anos
371 textos (14043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 00:18)