Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM VÔO

entornar o amor perdido
volver ao novo sentimento,
poeira ao sabor do vento,
lamento findo e pedido.

não sofrer é lei no ventre
no peito outro é o estatuto,
coração permite que entre
depois não sabe viver o luto.

ao fim de tudo fico forte,
não se somam as unidades
quando divergem vontades!
minha ilha é mais ao norte

sempre vôo sem os meus...
volteio contornando a casa,
solitariamente batendo asa,
convocando os outros plebeus.

o sentimento podre vai por fora
para dar a quem não comeu,
procuro o ninho onde mora
o abutre do fígado de Prometeu.

betina moraes
Enviado por betina moraes em 25/11/2007
Código do texto: T752248

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
betina moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
391 textos (3641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 11:38)
betina moraes