Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENQUANTO HOUVER CHUVA MOLHAREI MEU ROSTO LIQUIDADO


Não haveria
modo algum de tocar
meu sonho
minha vida,
liquidada ou
alegremente triste.
Mas como assim,
quer dizer que somos
incompletos até na hora
de sonhar
e de pensar
e cagar
e mentir
e rir
e estamos
sempre exaltados
e de mãos vazias
e não há verdadeiramente
um ato exato
sobre a condição humana
de estarmos
sozinhos.

Mas,
merda:
eu tive as coisas do meu modo
como eu sempre quis
quero dizer sobre a minha
relaxada visão de mundo,
eu recusei toda a verdade
em busca da mentira
eu não a olhei
de frente como uma mulher gloriosa
vestindo a roupa
mas simplesmente
de costas
fazendo um striptease
infeliz.
Foi como
se um caminhão passasse por cima
de meu corpo
denunciando sua presença
exata
escandalosa
como virgem.

Leo Linares



Leo Linares
Enviado por Leo Linares em 23/11/2005
Código do texto: T75244
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Linares
Goiânia - Goiás - Brasil, 30 anos
25 textos (1158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:51)
Leo Linares