Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRITO MUDO





 

 

 

Na minha voz trago o silêncio,
O amor calado.

A vontade de falar.

De ser cada vez mais...

 

Na minha voz

Trago a incompreensão

A angustia de cada um

A solidão de todos

 

Na minha voz

Trago a nudez

O silêncio de marfim

A frustração maior.

 

Nada digo

Minha voz não é livre

Nada posso dizer

Nem mesmo gritar

Então choro

E minha voz rouca fica

Sem nada falar.

 

Na minha voz

Trago o caos

O barulho das correntes

O choro do silêncio

A lágrima das palavras perdidas no espaço.

 

Na minha voz

Trago o nada

A não comunicação

Nem voz tem.

 

Calo

Fale quem puder

Quem quiser

Não tenho voz livre

Mas eu grito

Gritarei

Meu dia chegará

Espere e verá

Meu grito mudo

Falando mais que as palavras.

 

Bh/1966


 
ZEL
Enviado por ZEL em 23/03/2005
Código do texto: T7530
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33936 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:14)
ZEL