Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidários

Somos solidários!
Desde que não nos atrapalhe os horários,
não implique em perdas nos lucros diários, os Sacros erários
e, menos ainda, nos nossos justos honorários.

Mundo estranho de velados adversários,
de poucos justos e tantos corsários.
Época de Tempo medido
e de Abraço contido.

Mas somos solidários!
Cá estamos. Já sabe, hein?
Só não me peça, pois não tenho vintém.

Os olhares estão perdidos.
O rebanho e os balidos.
Mas cá estamos; porém, não nos incomode com gemidos.

Aonde foi o Bem? Morreu, ao engaiolarmos os Canários . . .

Tristes Máscaras. Puídos sudários.
Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 26/11/2007
Reeditado em 20/12/2007
Código do texto: T753115
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
1758 textos (373670 leituras)
1 áudios (34 audições)
4 e-livros (4608 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:27)
Fabio Renato Villela

Site do Escritor