Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GINGA CIGANA

Como não notar essa tua ginga lenta

dançando nas noites

perturbando nossos sonhos

entorpecendo nossa alma

de desejos e loucura

de ir ao encontro de ti

e poder ser apenas amor

dança e canção

num bailar cigano

onde nossos corpos se unem

e se amam numa entrega sem fim.

Como não notar se você é a musa de meus sonhos

Minha esperança encontrada

Minha busca acabada

ao ver tua cadencia que me seduz e encanta

como não sentir

se tu és a divina que dança em meu viver

e me faz feliz de poder

estar ao teu lado

mesmo nessa distância e espera

nesses caminhos da vida

nesse peregrinar de ciganos que somos

em busca do nosso eterno amor

que é impossível conter,

pois arrebenta os peitos

de saudades e desejos

que busca te nas caladas das noites

Onde possamos realizar nossos sonhos

Numa entrega total e sem medo

do que somos

Apenas amor.

Pra ti minha doce cigana amada.

 
 

 



 

 

 

 


 

 
ZEL
Enviado por ZEL em 23/03/2005
Código do texto: T7533
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33937 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:33)
ZEL