Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PREMONIÇÃO SURREAL


Quiseste entender a minha fala confusa,
Minha oração carregada de zelo
O fardo da minha premonição obtusa
Meu grito na caverna do apelo

Hoje eu lanço as poções que trago
No fundo de cada alma que visito.
Porque antes tu rias do estranho mago?
Agora o que te atrai no antigo esquisito?

Afastastes o que agora te afasta
Fantasma sonâmbulo da noite escura
Arrasta corrente e a noite se arrasta
Encaminha o sono no templo da cura

Juras murmuradas no véu da alma
Por aquele bruxo esquecido irreal
Que prepara o espírito e desarma
Nos mundos em viagem surreal

Quando à loucura quiseres voltar
Terás um encontro com o monstro
Ou encontro com o arcanjo no altar
Ou ouvirás o que hoje demonstro.

© Walterbrios
19 de novembro de 2005

Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 23/11/2005
Código do texto: T75459
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
358 textos (13844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:48)
Walter BRios