Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AZUL DOS SENTIDOS

Em ti
Paira uma eternidade feita de azul
Que me faz ir aos patamares mais altos
E ao mesmo tempo
Nega o sentido das coisas
Em ti
Tudo é paixão
Sacralizando essa busca pelo pecado
Santifico teu corpo
Aniquilando o medo
De reinventar a felicidade

Feneço quando estás distante
Pensando que há de ser para sempre
A carícia nos teus cabelos curtos
A contemplação de uma manhã azul
Onde virás
Despejando sonhos
E tornando místico o mais simples dos momentos

Amo-te
Guardando na memória teu rosto angelical
Balbuciando teu nome em todos os instantes
Sonhando com a fenda entre tuas coxas
Querendo sentir o gosto do teu doce almíscar
Que todos os acasos me levem para ti
Que todos os mistérios sejam reinventados

Amo-te
Por mais que isso seja loucura
Por mais que as metáforas
Sejam uma mera repetição
Das coisas que acontecem no palco da vida
Mas
Basta te ver
Para saber que a utopia é sempre possível.
JOAQUIM RICARDO
Enviado por JOAQUIM RICARDO em 28/11/2007
Código do texto: T756206
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOAQUIM RICARDO
Camaragibe - Pernambuco - Brasil, 56 anos
2250 textos (40954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 16:29)
JOAQUIM RICARDO