Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As minhas fantasias

As minhas fantasias

Hoje o dia, amanheceu.
Enevoado e triste…
Olho através das vidraças;
Esta paisagem que, me conquista.
E que, eu conquisto, dia a dia!..
Que, me entra na alma e a acaricia.
Paisagem! Que a mutação das estações
Engrandece em tonalidades.
Transformações em profusão.
E, esta conquista, que é recíproca
Pela transparência, de uma vidraça.
Me torna, cúmplice desta paisagem.
Quem dia a dia, aparece.
Que é, o meu universo de magia.
A minha realidade!
A minha alegria!.
A minha melancolia!
Que carrega comigo,
Sonhos loucos!
Outros coerentes!.
E há um equilíbrio:
Entre a paisagem, que eu pesquiso,
(e ela me pesquisa )
Visiono-a!
Emociona-me!
O meu coração dá o sinal.
É a minha alma,
com grande ânsia, de viver
as suas fantasias.
De tta

Novembro 2007
Tetita
Enviado por Tetita em 28/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T756585

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80784 leituras)
65 e-livros (5632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 22:07)
Tetita