Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS MEUS RESTOS



Não dou aos cães os meus restos.
São realmente indigestos
e não os alimentaria.
Talvez faça adubo desse lixo orgânico,
ou incinere, num gesto mecânico,
mas sem deixar aos pobres animais,
aquilo o que não quero mais...

O gosto do que fica no prato,
difere do que foi ingerido.
Não satisfaz, desce sofrido,
causa náuseas ao passar na garganta.

E agora, o que jogo fora,
é exatamente o que não me serve,
que ferve de azedo na língua,
deixando à míngua
o que não mais adianta...


COSTARELLI
Enviado por COSTARELLI em 28/11/2007
Reeditado em 07/07/2013
Código do texto: T756619
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
COSTARELLI
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
528 textos (36240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 17:38)
COSTARELLI