Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras, Poesias

Palavras obscuras
Ditas com tristeza
Palavras luminosas
Ditas com alegria
Palavras duras
Palavras frias
Palavras emotivas
Lagrimas e palavras
Sorrisos e mais palavras
Sofro, Amo, Vivo
Escrevo, Crio, Medito
Pra que servem as palavras senão para serem usadas
E os sentimentos senão para sentir
Podem ser de amor
Ou de amarguras
Essas palavras
Ditas por mim
Por todos
Esses poetas
Vivos e mortos
Eternos e efêmeros
Nesse mundo tão vasto
De poetas, poesias e palavras
Anjo Enfermeiro
Enviado por Anjo Enfermeiro em 28/11/2007
Código do texto: T757028
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjo Enfermeiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
198 textos (6743 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:52)
Anjo Enfermeiro