Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA VIDA

Minha vida...
Ninguém te saberá tanto
nem te tocará tão fundo,
em tantos cuidados,
como tu te sabes
e eu te tocarei.
E nesse saber,
sabemos o sabor sublime
dos chás requintados na quietude,
e conhecemos aquele outro, mais raro,
dos portos deixados distantes.
O enlevo especialíssimo
das fragrâncias raras,
fixadas em almíscar
verdadeiro.
Sabemos o som eterno
de um primeiro passo,
que nunca será de despedida,
e nem tampouco só de espera...
Que nunca foi uma quimera,
travestida de lembrança querida,
ou liame que ora desfaço,
ou um adeus, em gesto terno...
Sabemos sonhos sonhados
no privilégio do igual encontrado,
ímpar, defendido, idolatrado...
Mas talvez não saibamos
tanto quanto cremos,
ou apenas esqueçamos
do quanto não entendemos...
Como essa dor,
de sempre falar de amor...


Novembro 2007
Henrique Mendes
Enviado por Henrique Mendes em 28/11/2007
Reeditado em 28/11/2007
Código do texto: T757052

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Mendes
Montijo - Setúbal - Portugal, 61 anos
290 textos (14331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:21)
Henrique Mendes