Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DIAS SOLUÇAM

Dorme dentro de mim
o anjo proscrito:
aquele que nunca se doma.

Dorme em nós, os amantes,
a quietude confessional
à espera dos dias,
enquanto caça e caçador.
Sapatos cansados
consolam o corpo gasto
e permanece o tolo a soluçar no poema.

Confessionário sem sacerdote,
dormem nomes, entreatos irrevelados.

Família à antiga,
sinos dissonantes, censuras,
lamúrias sobre o pecado original.

Louvemos a surrada ária no amor em Cristo:

— Amai-vos!
Que seja este o canto!

– Do livro BULA DE REMÉDIO, 2007/2009.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/757300
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 29/11/2007
Reeditado em 02/06/2009
Código do texto: T757300
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
2829 textos (765666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 19:02)
Joaquim Moncks