Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Balancete.




Quantas noites imaginárias...
Quanta perplexidade...
Quanta alteração de consciência.
Quantos tremores na terra.

O corpo muito claro.
O quarto muito negro.
O corpo que eu não vejo.
E os olhos dos meus dedos.

Quantos drinques pela goela.
Quantas imagens autistas.
Quantos mal-entendidos.
Quanta fumaça na noite.

A luz através da janela.
Na noite, sua perna branca
Sobre o meu corpo marrom.
E a mente viaja...

Mas o que é a morte?
E o que é a vida?
Quem inventou a cama de casal?
E quem somos nós?

Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 29/11/2007
Código do texto: T757407
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
561 textos (79629 leituras)
20 áudios (419 audições)
15 e-livros (3280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 23:29)
Luciano Fortunato