Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM LUZ

Eis o muro, a verdade que o confirma
diz que toda trombeta será pouca,
serão loucas as vozes de protestos
e os pretextos erguidos no caminho...
Rui o mundo e persiste essa muralha,
nosso abismo só tende a ser mais fundo,
cresce a palha que oculta o nosso grampo,
neste campo está farto nosso jôio...
Falta vida pra tantas utopias,
dias fartos pra nada por fazer,
pra coser sem agulha e sem fazenda...
É preciso entendermos que acabou,
que o calabouço agora não tem luz;
uma cruz que perdeu qualquer sentido...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 29/11/2007
Código do texto: T757891
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3050 textos (61773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:20)
Demétrio Sena