Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINFONIA NA FLORESTA

A agua corria em seu estreito leito
as folhas seguiam languidamente juntos
por entre as matas iam a seu deleito
ali os galhos iam adjuntos.

Sons de sinfonia ecoavam ao léu
Pássaros trinitavam pelas florestas
o maestro da opereta que era Orfeu
coordenava a brisa e as ararinhas em festas .

Bailavam as garças em sua altivez
tocando com os pés a relva plácida
os sons de gruidos, eram a insensatez
querendo findar a festa clássica.

O sol se esconde dolente
seu raios negam a se esvair
negando chegar ao poente
e a lua arrogante começa a sair.

Finda-se a sinfonia na floresta
o silêncio lúgubre assume seu lugar.
Tudo é quietude,já não existem festa.
Aguarda-se um novo dia que é salutar.
 

Diney Marques
Enviado por Diney Marques em 29/11/2007
Reeditado em 13/12/2012
Código do texto: T757921
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diney Marques
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
359 textos (53336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:20)
Diney Marques