Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
AMOR

Ama a plantinha da beira da estrada
que agradece feliz
o orvalho da manhã.

Ama a flor
a borboleta
que a vem beijar.

Ama a brisa da tarde
a madressilva
ao esparzir no ar
o seu perfume agreste.

Ama a branca areia da praia
o mar revolto
que conchinhas lhe atira
num véu de espuma.

Só tu, humana criatura,
te alimentas de orgulho e vaidade
e desconheces a ventura
do amor total e fascinante
da inteira doação.


Celina Figueiredo
Enviado por Celina Figueiredo em 29/11/2007
Reeditado em 20/08/2008
Código do texto: T757994

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Celina Figueiredo e o site http://recantodasletras.uol.com.br/autores/ser). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Celina Figueiredo
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 87 anos
1704 textos (69259 leituras)
6 e-livros (796 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:05)
Celina Figueiredo