Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gente Esquisita

          Gente esquisita

No estranho mundo que circula
onde o belo é feio e o feio é belo,
olha no espelho a barba espessa,
esfrega o olho inchado sem sono.

Anda na avenida de gente esquisita
que vive na contra mão da formiga,
senta no banco da praça sem vida
e olha toda aquela gente insossa.

Contempla o teatro ainda imponente
que exibiu a peça  “Carmina Burana”,
que hoje improvisa musica sem pauta
mas que agrada a essa gente ignorante.

Deus! Que fizeram com a vida!
pega o caderno e compõe versos,
faz poemas de amor, para o amor
que essa gente tirou da vida.

Anderson Aguilar
 11/06/06
Anderson José de Aguilar
Enviado por Anderson José de Aguilar em 29/11/2007
Código do texto: T758103

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar o autor da obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anderson José de Aguilar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
12 textos (209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:04)