Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A APRENDIZ E O POETA II (Série)


Ela repousou tranqüila
Não devia nada a ninguém
Nada mais procurava
Ainda muito faltava
Mas já sentia-se amada

Um amor prescrito
Em fábulas, contos
De fadas?
Oh, o coração de aprendiz
Lhe anuncia que não

Os olhos do poeta
Denunciam a intenção
Da malícia, ousadia,
Pureza?
Em palavras escritas

E ele confunde-se
Um turbilhão de perguntas
Sem respostas
A inspiração aflora
Em versos desordenados

Ela contenta-se
Com a alegria que surge
No seu coração, no dele
A aprendiz vira musa
Ao poeta, sua doce inspiração
Aprendiz de Mulher
Enviado por Aprendiz de Mulher em 24/11/2005
Código do texto: T75839
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aprendiz de Mulher
Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
67 textos (5411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:04)
Aprendiz de Mulher