Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E SE......... (Dedicado à poesia sem fim)

E se de repente a lua apagasse seu brilho?
Como ficariam os enamorados?
E se a canção perdesse o estribilho?
Melhor seria não ter cantado!
E se o trem do destino saísse do trilho?
Melhor seria não ter embarcado!
E se nós não fôssemos filhos?
Melhor seria os pais não terem casado!
E se a mão amiga apertasse o gatilho?
Surgiria mais um corpo pra ser enterrado!
E se a terra cansasse de produzir o milho?
De nada serviria o velho e incansável arado!
E se morresse de aftose o novilho?
Extingüiria toda a criação de gado!
E se batesse nas cordas do violão que dedilho?
Sobraria um velho violão desafinado!
E se no poema dissesse: 'Aos teus versos me humilho?'
Melhor seria permanecer estático e calado!
E se ao contrário falasse: 'Contigo me maravilho?'
Certamente viveria eternamente feliz ao seu lado!


Dedico esse poema à minha mais fiel amiga, a poesia, que me consola nos momentos tristes e ri comigo na alegria. É por ela que posso expressar o que sinto e transmitir amor à minha esposa, meus filhos e meus amigos próximos e distantes. Viva eternamente a poesia!

Edil Franci - SP - BRasil
Edil Franci
Enviado por Edil Franci em 29/11/2007
Reeditado em 06/12/2007
Código do texto: T758400

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Edil Franci e o site www.recantodasletras.uol.com.br/autores/edilfranci). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edil Franci
São Paulo - São Paulo - Brasil
903 textos (73441 leituras)
2 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:22)
Edil Franci