Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM SERÁ?

É baixinho, tipo meio quilo,
Cabeça de abóbora, voz de arara,
Deixou seus tempos de arco e taquara
Para nadar em mar tranqüilo

Que só existe nos cofres da nação.
Não importam os protestos, a gritaria,
Porque de qualquer forma ele acharia
Um jeito de esbulhar o povão.

Tornou-se, ele, por competência,
Capetinha tinhoso, azucrinador,
Da matemática familiar é defensor
Protegendo, a todos, de possível falência.

Prometeu, fez do eleitor uma quitota,
Sentou-lhe certeiro pé no saco
Porque é ele quem tem o taco
Dessa jogada que não é de patriota.

Pobre país, pobre gente sem direção,
Sujeitos a essa figura bufônica,
Pior que a negra peste bubônica,
Mata os sonhos de uma geração.

24/03/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 24/03/2005
Reeditado em 24/03/2005
Código do texto: T7586

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343042 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:40)
Maria Hilda de Jesus Alão