Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Discurso do General à sua tropa

Eis que nos façamos prontos
Para a última batalha,
Filhos das montanhas de fogo.

Podemos já sentir o trovejar dos cavalos negros
Em caçada aos nossos inimigos.

Nos bosques da perdição,
Há o rastro vermelho deixado
Por aqueles que nos amaram.

Túmulos foram violados
Pelos celestiais anjos da Luz.
Eles nos querem prender em teus seios.

Queremos a Liberdade de
Sermos o que somos desde o início dessa Era.

E no mais profundo de nós,
Guerreiros de sangue e pedra,
A canção da Senhora,
Alenta-nos o coração combalido.

É preciso sentir o
Azul das areias encharcadas de lágrimas
Que guardam as cinzas do que já foram
O antigo povo dessas terras.

Façamos diferente.
Façamos o manhã
Com os dedos do agora.

Venham todos,
irmãos de lutas infindas.
Vamos construir o futuro de nosso povo.
Amael Oliveira
Enviado por Amael Oliveira em 30/11/2007
Código do texto: T759407

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amael Oliveira
Aracaju - Sergipe - Brasil
71 textos (37187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:35)
Amael Oliveira