Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAPADÓCIA

Fui
d'além do Himalaia.
Fiz do norte a vida
e do amor o Nepal.

Fiz do tempo exílio
e silêncio no templário da paz.

Agora 
barbáros  afligem,
fustigam-me o portal,
batem-no de fúria a tropa,
poêm-no a nocaute,
invadem-no,  transpassam-no o coração.

Grunem,  dançam, cantam,
pilham promessas e verdades.
Trilham sobre brasas,
pilham virtudes e liberdades.

Depois,
singram mares em direção ao poente!

E cá  incréu  sem crêr,
resta-me a Capadócia!

Tenho pressa, 
vou cavoucar cavernas,
falar com cristãos. 
Lá tenho o abrigo para a solidão que me afoga feito areia movediça.

Não vês, 
que o tempo é pouco para o quê me resta?
O corpo  próximo aos 50 já me pesa!

SERRAOMANOEL - SLZ/MA - TRINIDAD - 01.12.2007.  
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 01/12/2007
Reeditado em 11/07/2008
Código do texto: T760125

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (158830 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:58)
serraomanoel