Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio

Já oiço além os sinos a dobrar!
Os pássaros, em festa, também cantam
Com minh’alma ansiando p’lo teu olhar
Fascinada... sinto que me encantam...


Partiste, eu fiquei só e magoada
Pensando como é triste a vida,
A caminhar soluçando nesta estrada
Longa e de mente adormecida...


Fez-se silêncio... naquela noite de luar
Foi longo o dia, ao esperar-te, amor!
A gemer, minh’alma fecha-se num temor...


E, na ansiedade de te voltar a amar,
Invoco nosso sonho docemente
Que acalento,amor, eternamente!!!
Odete Simões
Enviado por Odete Simões em 02/12/2007
Código do texto: T761722

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Odete Simões). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Odete Simões
Portugal, 91 anos
68 textos (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:39)
Odete Simões