Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CHEGADA DE CRUZ E SOUSA

A CHEGADA DE CRUZ E SOUSA

Mário Osny Rosa

Da sua gloriosa poesia
Na brancura de sua alma.
Sempre foi uma ousadia
Demonstrava a sua calma.

Bem distante de sua terra
Já tentava amenizar.
Logo sua vida encerra
Sem sua doença curar.

Até que seu fim chegou
Logo de trem a voltar.
Nada mais a ele restou
Para logo o sepultar.

Sua poesia o imortalizou
Seus restos ali guardaram.
Naquela tumba descansou
Um dia de lá o buscaram.

Foi um momento esperado
Nessa ilha ele nasceu.
Para ser logo transladado
Foi aqui que ele cresceu.

Adentrando naquele recinto
Naquele ar aplacava.
De tudo que logo pressinto
Sua alma ali planava.

São José/SC, 29 de novembro de 2.007.
morjar7@gmail.com
www.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 02/12/2007
Código do texto: T761838
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (38131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:15)
Asor