Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste olhar

Lágrimas descem não tem jeito
Marcando meu sofrido rosto,
Deixando na boca amargo gosto
Da dor angustiante presa no peito.

Espelha-se em meu olhar desfeito
Sonhos arrancados a contragosto,
Do âmago do meu espírito exposto
Pelo destino meu de caminho estreito.

Oxalá quando se rompa a nova aurora
E a escuridão da noite vá embora
Leve consigo meu grito de amargura,

E o céu tornando-se azul iluminado
Arranque da minha alma o triste fado
Com seus raios azulados de ternura.
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 02/12/2007
Código do texto: T761959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:00)
Jeff Condol