Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brasil

Adormecido insensível gigante
Esplêndido sono, eternos anos,
O brado do teu povo é retumbante
Ouvido muito além dos oceanos!

No olhar as lágrimas de sangue
No Ipiranga o grito de horror em excesso,
Ao ver seus filhos sujos no mangue
Da desordem do caos sem progresso!

Abre as tuas mãos aos desvalidos
Esfomeados, tristes e esquecidos
Apartados de tuas riquezas mil,

Salve, salve ó terra idolatrada
Injusta Pátria e ainda tão amada,
Somos os pobres do teu solo, ó Brasil!
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 02/12/2007
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T761963
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:54)
Jeff Condol