Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CERIMÔNIA

essa velha mesa curvada
em respeito aos meus versos
esse abajur ainda aceso
folhas amassadas
uma outra dobrada
e essa, inacabada
renascendo abraçada à caneta
o óculos debruçado sobre arranhões
livros acordados, outros que dormem e tantos que perambulam
essa remington de teclas tristes
tudo por conta de sonhos
tripulados por uma luz
um sol de 110 volts
Escobar Franelas
Enviado por Escobar Franelas em 03/12/2007
Reeditado em 13/02/2014
Código do texto: T762509
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Escobar Franelas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
993 textos (111366 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:35)
Escobar Franelas