Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que lindas imagens



Neste planeta que desejávamos chamar de azul,
Mil anos passarão e nada existirá como até agora,
Estará como prevíramos quase estéril de norte a sul,
Seres de todas as espécies, que existiram outrora!

Não existirão mais, por má influência do homem,
Esse grande e portentoso ser, que de tanto criar,
Alem de saber que o está fazendo, a sua ordem,
É fazer desaparecer tudo, até o planeta acabar.


A que mais vai sofrer é sem dúvidas a Antártida
Por consequência todo o planeta vai modificar
Sim outras espécies vão aparecer como será a vida?
Nessa altura a classe científica será que vai mudar

Seu modo de avaliar as coisas vai ser diferente?
Claro que terá de o fazer! Aqui ou noutro lugar
Que virá a ocupar para voltar ao erro como sempre
Este é meu pensar sobre a juventude que aqui ficar

Triste mas real, quem dera que digam tanta idiotice
Sinal que o futuro gerou gente, em nada arrogantes
Serei lembrado como o tipo das manias tudo velhice
Manias ou não, interessa é que não seja como dantes

Autoria: A. Manuel de Campos

Alberto M de Campos
Enviado por Alberto M de Campos em 03/12/2007
Reeditado em 29/10/2008
Código do texto: T762603

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto M de Campos
Portugal
160 textos (3031 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 13:51)
Alberto M de Campos