Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ATINGIDO

A minh´alma sabia, notava em meu corpo
os sentidos latentes fugindo de após,
uma voz arvorava e rompia o silêncio,
mas a força do medo a detia e calava...
Avisei a mim mesmo julgando que a ti,
sobre doses mais fortes, limites mais fundos,
comparei nossos mundos apontando opostos
e me armei contra os riscos, tão logo se armaram...
Mas a minha estratégia não me deu socorro;
meu instinto acuado acabou se rendendo
aos teus olhos, teu riso, tua sedução...
Minhas armas falharam, ruiu a trincheira,
foram vãos os escudos e os anti-torpedos;
os enredos e sonhos de me preservar...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 03/12/2007
Código do texto: T763225
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3110 textos (62597 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:52)
Demétrio Sena