Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus Desencantos

Basta de enganos, desencantos
Sonhos acalentados sem sentidos
Recalcando no peito meus gemidos
Sem  mais ecos dos tempos idos.

Outras águas hão de suaves rolar
Novas curvas colorindo chuvas
Versos abrindo horizontes puros
Para a alma nunca mais soluçar.

Se novas sombras encontrar
Percorro as estradas escuras
Ate a vida da amargurar passar
E a rosa vermelha desabrochar.

4/11/07
 
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 04/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T764111
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3363 textos (91663 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 18:03)
Maria Thereza Neves