Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DEUS DAS PEQUENAS E GRANDES COISAS

O Deus das pequenas e grandes coisas

Falar de Deus.
É importante, confortante.
E então, quando estamos sós.
Quando não há ninguém com quem falar…
É quando apetece mais
Estar com Ele. Perto Dele.
Falamos para Ele; com Ele; e Dele.
Assim eu vou falar Dele.
Acho Deus muito ocupado.
Não sei o que os outros pensam?
Mas, eu penso, que Deus está com o tempo,
por um fio, muito esticado.
Ele tem o seu Governo.
Bem constituído.
Tem os seus ministros.
espalhados pela terra.
Mas esses?
Nem com a corte celestial na retaguarda?
Dos anjos querumbis e afins!.....
Não querem fazer nada.
Andam todos desentendidos
cada um fala da Lei como bem entende...
da forma como mais lhes convem.
Mas que grande confusão vai com a religião!
E o que invocam ,e fazem,
sob o santo nome de Deus?
Deus que nos predestinou,
para que fossemos 
o hino de louvor da Sua glória.
E cai tudo sobre Deus.
Que abana a Sua cabeça 
desconsolado,desanimado.
Apesar de que ele já vem habituado
desde as cenas das tábuas da Lei
Apetecia-me dizer, coitado.!
Mas não digo. 
Pode ofender, os mais melindrosos.
Destas coisas, das falas com Deus.
Há que ter respeito e cuidado.
Se o meu pai ,estivesse comigo?
Assim ,abafado de trabalho!
Eu, com respeito.
Também dizia: coitado do meu pai.!
Sempre tão atarefado, e preocupado.
E, Deus é pai.
Eu, às vezes penso.
Como o cargo de ser Deus, é atribulado…pesado.
A não ser, e isso eu acredito.
Na Sua boa estrutura de se esquematizar.
É que, está sempre a ser interpelado.
Eu, faço-o todos os dias.
Peço-lhe tanta coisa….
Sou mesmo chata.
Pego no pé Dele.
E não largo mais.
Peço sempre, desculpa, antecipadamente.
Mas, Ele também sabe, que só o tenho a Ele.
Peço por todos, peço as minhas pequenas,
E maiorezinhas coisas!....
Eu já nem digo grandes coisas.
Carrego um saco cheio.
Será que Ele ao me vêr, dirá!
Que saco! Que saco!
Ah! É para o meu saco de pedidos??????
Ou será como os brasileiros dizem?
(Eu também já aprendi a dizer saco )
Ah! Mas eu finjo que não percebo….
E começo:
Para que, tome bem conta dos meus pais.
Pelos meus amigos e familiares
Pelos meus inimigos. Quem os não tem?
Ah! Mas esses? Entrego-os logo a Ele.!!!!!!!111
Pelas crianças desprotegidas
Pelos idosos solitários.
Pela paz no mundo
Pelos meus cachorrinhos!
Peço protecção para eles.
E todos os animais sofredores.
Pela crueldade de tanta gente.
Mas, fico-me a pensar.
Como é, que Deus faz a grande triagem?
As coisas pequenas, e as grandes.
As mais e as menos importantes.
Eu sei, que Ele
Deus supremo omnipotente omnisciente
Não deixa nada por atender.
Não é como nós.
Que deixamos tudo,
para àmanhã resolver.
Considerando bem.
Deus que é o nosso Paizão.
Assim me ensinaram a dizer
A acreditar na lei de Deus.
Ele deve ter um grande livro na mão.
De um lado! Escreve os pequenos pedidos.
Os acontecimentos, de menos projecção.
Do outro lado! As grandes coisas.
Porque essas são, fortes e contundentes.
E é ai que ele pensa!
Estou metido 
num grande sarilho novamente
É que este meu povo?
Não há forma de terem juízo.
Vulgarizam a Minha lei ...
Metem-se em guerras e prejuizos.
Alguns até Me substimam.
mas eu acredito na Sua grande sabedoria.
 no Seu coração generoso.
Que Deus, sabe tudo.
Vê tudo. Tem tudo sob o seu controle.
Mas, que nos deixa livre arbítrio.
para as nossas escolhas as nossas decisões
 E Deus ! para decidir, logo de uma vez
as grandes coisas .
Acaba por ter, que resolver coisas pequenas.
Que ele vai ajeitando na hora certa.
Porque acabam por ser,
aquelas que não se podem adiar.
Que são,pequenas grandes coisas de todos os dias,
que parcem pequenas, mas são o quotidiano da vida.

De t,ta

Dezembro de 2007


Das minhas falas com Deus









Tetita
Enviado por Tetita em 04/12/2007
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T764267

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80423 leituras)
65 e-livros (5629 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/17 09:01)
Tetita