Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUSA

Já te vi no Louvre, linda, pé de couve,
num baile funk, pescando no mangue,
de calcinha e sem soutien, uma rã,
já te vi de pé na amurada, pelada,
dizendo que ia pular sem ter asas,
vi você na porta de casa, carteira,
bebendo absinto só por brincadeira,
mastigando caranguejo na beira do mar,
calada, quieta, esperando, ao pé do altar,
descendo a rua na contramão, gargalhando,
doida de pedra, láp-sec-doidona, babando,
vi você surfando de noite em Copacabana,
misturando alegria com tristeza numa bagana,
ensinado sexo pra colegiais sem nexo, tarados,
já te vi uivando pra noite com olhos esbugalhados,
mexendo nas minhas coisas à procura de você,
à procura de você sem saber onde e nem porque,
comendo doce dizendo que nem análise resolve,
resolvida, dizendo que Yung é quem tudo pode,
te busquei quando seu endereço nem te procurava,
te abraçei, apavorada, dizia que um Ovni te chamava,
foram tantas e tantas que aprendi como se usa
viver fascinado ao lado de uma maravilhosa musa.
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 04/12/2007
Código do texto: T764492

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
7331 textos (106732 leituras)
1 áudios (10 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:30)