Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER CRIANÇA


Era uma vez ...
uma linda criança
que vivia num mundo distante e invisível
que sonhava e acreditava que tudo era possível
e era feliz com muito pouco.
Sentia-se gigante diante os pequenos obstáculos
fazia amigos antes mesmo de saber o seu nome
dividia o lanche, mesmo estando com fome
perdoava muito fácil, logo depois de brigar
tinha o dia mais feliz da sua vida, todos os dias
e a sua realidade era sonhar.
Sonhar ...
sonhar em crescer
mas criança é o que nunca deveria deixar de ser
pois uma vez criança, sempre criança
ter o direito de brincar, correr e pular
misturar sorvete com emoção
o futuro com goma de mascar
lágrimas com sorrisos
viver no paraíso
estar de mãos dadas com a vida
na melhor das intenções
viver em ritmo de emoções
acreditar no momento presente
aceitar o novo e desejar o máximo.
Ser criança ...
é estar em constante estágio de aprendizado
é querer buscar e descobrir a verdade
sem intrigas ou maldades
é ter um riso franco esparramado pelo rosto
mesmo em dia de chuva
sem amargura ou desgosto
achar que a vida é bela
sentar na janela
colar o nariz na vidraça e espiar lá fora
não querer ir pra cama
é adorar deitar na grama
ver figuras nas nuvens e criar histórias
habitar no país da fantasia
viver rodeado de personagens imaginários
é andar confiante por caminhos difíceis e desconhecidos
na ânsia de desvendar mistérios
sem levar as coisas muito a sério
pois o importante é sorrir.
Ser criança ...
é gostar da brincadeira, do sonho e do impossível
do bonito, do feio ou do horrível
saber nada e poder tudo
é ao ouvir o que não gosta
brigar ou ficar mudo
é detestar relógios e compromissos
é ter pouca paciência
ter pressa, mas sem ser omisso.
Por outro lado ...
a arte de ser adulto
é nunca esquecer da criança que foi um dia
é reencontrar a criança que ainda vive no seu íntimo
é sentir-se herói, ao reler as histórias da própria vida
relembrando pessoas queridas
é viver o tempo do princípio
das origens que a vista não vê
além da existência
é a essência
da criança que vive em você.

Autor: Aurélio Patrão 12/10/07

Veja este poema e outros poemas no meu blog: http://aureliototal.uniblog.com.br/261934/ser-crianca.html
Aurélio Enes Patrão
Enviado por Aurélio Enes Patrão em 04/12/2007
Reeditado em 06/12/2007
Código do texto: T764829
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Enes Patrão
Brasília - Distrito Federal - Brasil
767 textos (58108 leituras)
15 e-livros (3927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 20:34)
Aurélio Enes Patrão