Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De alma pura

Fora tu um dia, ó cruel senhor,
Que fizeste de tristeza molhar,
O brilho que havia no olhar
Dos meus olhos sangrando de dor.

Tu pisastes o meu sonho em flor
De esperanças e alegria sem par,
Foi o algoz que fez no peito sangrar
Até morrer seco o meu grande amor.

Fui amante fiel e não fui amada
Pelos desejos teus desprezada
E isto minha alma nao esquece,

Posto que fostes meu primeiro amor
Mesmo não tendo dado devido valor
Ainda lembro de ti em minha prece.
Jeff Condol
Enviado por Jeff Condol em 04/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T765076
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff Condol
New York - New York - Estados Unidos
802 textos (112119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:14)
Jeff Condol