Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINA


O turbilhão
mastiga a aura
com laços
cegos.

O monte
avoluma-se no piscar
das antemanhãs.
Insuportável
seu peso.

O canto
destoa da partitura.
Roga ao tempo
para interpretar
as rotas.

O sino
rala a pele.
Expressa que as toras
já vêm rolando
sobre as faces.

Marcos Arrébola
Enviado por Marcos Arrébola em 04/12/2007
Reeditado em 12/05/2008
Código do texto: T765167
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Arrébola
Serra - Espírito Santo - Brasil
236 textos (10392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 13:08)
Marcos Arrébola