Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A noite rompeu

A noite rompeu-se em beijos
E fez-se na hora o desejo
De um impulso proibido
E no ímpeto, o ensejo
De um ato desinibido.

A noite fez-se em boreal
Os corpos em um só
A vontade em instinto vil
Metamorfose animal,
E nela a mazela
De um amor carnal.

A noite fez-se em anseios
As vontades em desejos
Fez-se na fronteira do mal
A realeza do amor real.

A noite fez-se em intuitos
Feitas foram depois lembranças
E entre beijos fortuitos
A pureza do amor criança.
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 24/03/2005
Código do texto: T7657
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:51)
Sidnei Levy