Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHOS

Olho para o interior desse mundo mesquinho e sem escrúpulos
Doem as entranhas do meu ser estático, letárgico... Morto
A impotência nos leva as trevas, ao conforto entediado e sem gosto
A ilusão de ser um mísero umbigo o centro maior do universo
Faz-me sentir vergonha dessa raça a qual faço irrelevante parte
Queria poder abandonar esse mundo e voar para a Terra do Nunca
Voltar a ser criança... Imaginar-me voando ao pó de prilimpimpim
Amiga das fadas, dos seres e amante de todos os imponentes príncipes
Terra essa onde as crianças são apenas crianças... Leves, soltas, livres
Mas a Terra do Nunca é apenas um utópico desejo de um insignificante ser
Que se arrasta nas frestas de luz que teimam em nascer nas trevas
Tentando dar esperança a crianças que sonham com essa tal Terra
Seja do Nunca, seja do Nada. Terra onde o amor é apenas acalento
Terra do SIM a todo o momento. Da paz, da amizade e sem tormento
Sonhando quem sabe não ensinamos ao mundo pequenos sentimentos
Kamilla Borges
Enviado por Kamilla Borges em 05/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T766572
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kamilla Borges
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
135 textos (8641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 16:06)
Kamilla Borges