Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEXO DOS TEMPOS

SEXO DOS TEMPOS


Escarro do tempo fragmentado nos versos do presente
Presente no reflexo dos olhos que me enxerguei.
Um lindo dia
Um lindo sonho
Eram flores nas sarjetas da saudade
Que se entrelaçavam aos espinhos das lembranças
Ritmos que tapavam meus tímpanos
Tato, tapa
trapaça do tempo que me levou os sonhos
Agora, ou é realidade ou é nada
Esse nada que me fenece a face
(des)constrói-me  num ponteiro falso
criado à mão do homem

Sou atemporal
Minhas memórias não morrerão minhas

Clebber Bianchi
Enviado por Clebber Bianchi em 06/12/2007
Código do texto: T766921
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clebber Bianchi
Taubaté - São Paulo - Brasil
31 textos (725 leituras)
1 e-livros (16 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:19)
Clebber Bianchi