Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUSCANDO BRECHAS.

Todos os dias
De passo em passo.
Quase que à mesma hora!

Comedido
Lá se vai um sentimento
Perscrutar ao coração enfermo.

Cativo
O coração inibido
Temeroso já não quer se expor.

Órfão
Quão intimidado!
Nem a voz do sentimento quer ouvir.

Num vazio, completo,
Prossegue o coração.
A direção, porém, já não lhe importa!

Quase que à mesma hora!
De passo em passo.
Todos os dias

No mesmo sentido,
Lá está o desvelado carinho!
Buscando brechas naquele coração
Acanhado, vazio, triste, solitário e enfermo.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 06/12/2007
Código do texto: T767107

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
485 textos (16477 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:57)
Cláudia Célia Lima do Nascimento