Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER

Trago dentro do peito
Uma incontida dor
A dor de ser desprezada
Por quem eu tanto amo
Mas  parece não perceber
Não me olha, não me escuta
Pior nem sequer me vê.

Tenho uma tristeza infinita
Pois sinto uma dor dolorida
Será que é bom ser assim?
Será que o que eu sou é piegas
Preciso ser mais realista
Pra alguém se lembrar de mim?

Mas o pior disso tudo
É a incompetência do ser
Eu sou assim e não consigo
Ser de outro jeito porque
Sinto tudo e até choro
E como me faz sofrer

Tenho plena consciência
Porém, de tudo que vão dizer
Isso tudo é secundário
Esquece, segue teus passos
Mas... eu sou assim...Sou  EU
Jandira Mendes Coelho
Enviado por Jandira Mendes Coelho em 07/12/2007
Código do texto: T768034

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jandira Mendes Coelho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
358 textos (16026 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:16)
Jandira Mendes Coelho